Agenda | Dezembro 2017

APRESENTAÇÕES

Projecto CREATOUR | IdeaLab Regional 3.0
04 de Dezembro 2017 | CES – Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra | Coimbra
Desenvolveu-se mais um encontro no âmbito do Projecto Creatour – “Desenvolver Destinos de Turismo Criativo em Cidades de Pequena Dimensão e Áreas Rurais” onde marcaram presença os cinco projectos piloto seleccionados entre os quais o projecto Campus Criativo da Associação Luzlinar.


EXPOSIÇÕES

Pulsar de Nuno Manuel Pereira
15 de Dezembro 2017 | Museu de Lanifícios da Universidade da Beira Interior / Núcleo da Real Fábrica Veiga | Covilhã
Inauguração: 15 de Dezembro de 2017 às 17h00
Até 14 de Janeiro de 2018

“Os celestes raios da aurora expulsaram a negra noite do céu”
Quando Apolónio de Rodes escreveu este verso, os seus argonautas já estavam de regresso à pátria, finalizando assim a épica viagem na busca do “velo de ouro”, que se fixaria depois para a eternidade em Áries – incontáveis estrelas duplas, triplas ou quadruplas, que todas as noites tremeluzem no norte da esfera celeste.
Será talvez este “velo de ouro”, constituído de lã e luz, que melhor traduz o intento deste projecto. Um organismo que pulsa o espaço e o tempo, como que um hino à contemplação.

Morada: Núcleo da Real Fábrica Veiga – Sede do Museu de Lanifícios da UBI. Calçada do Biribau (ao Parque da Goldra) 6200 – 001 Covilhã
GPS: 40º 16′ 37″ N 7º 30′ 29″ W
Horário: 09h30h – 12h00 / 14.30h às 18.00h, de terça a domingo. Encerrado: segundas; 25 de dezembro; 1 de janeiro.

 

Exposição “Caleidoscópio” com participação de Flávio Delgado
16 Dezembro 2017 | Galeria do Sol / Maus Hábitos | Porto
Inauguração simultânea: 16 de Dezembro de 2017 às 21h30
Até 14 Jan – Galeria do Sol | 22 Jan – Maus Hábitos

São 110 os artistas que aceitaram o desafio e quiseram fazer parte de “uma exposição mesclada, heterogénea, incoerente”, entre eles Flávio Delgado da Associação Luzlinar.
Curadoria: Olho Composto (um coletivo anónimo)

“Exposição coletiva ou dispositivo relacional? Este é o ponto
de partida. O jogo, o problema. Pretende-se que as imagens, os espectadores e os artistas sejam colocados em relação. Uma relação aleatória e igualitária, própria das composições constelares, por isso e a priori, sem a existência de qualquer tipo de hierarquia. (…) A imagem com que cada um dos artistas participa pode ser fruto da sua prática artística ou vinda do mundo da coisas da sua vida. Pode resultar como obra ou imagem que poderia pertencer a um diário qualquer, editada numa rede social, ou enviada a alguém por telemóvel, utilizando afinal os meios e ferramentas que todos no espaço urbano na vida de todos os dias têm ao seu dispor, artistas e não artistas. (…) Assim, as relações entre imagens não serão conformadas pela teoria ou crítica da arte, por um tema ou qualquer outro critério, mas pelo caos de onde emergem e pela contingência das relações que se podem entrever no funcionamento dum dispositivo relacional que pode ser uma exposição colectiva.” Excerto de um texto da autoria de Trapo

 

Rota dos Abrigos
até 31 de Janeiro 2018 | Estação Ferroviária de Vila Franca das Naves
Desde 2014 a Associação Luzlinar tem vindo a desenvolver uma investigação em torno dos abrigos de pastor nas áreas afectas à Serra do Feital, Serra da Broca e Vilares, e Póvoa do Concelho. Numa acção contínua de registo, inventariação, preservação e manutenção, os abrigos de pastor têm sido alvo de estudo no terreno.
É objectivo da Associação Luzlinar dar continuidade ao projecto sensibilizando a população para a importância deste património local e universal.
Apresenta-se o primeiro percurso pedestre, um percurso sensorial de identificação e descoberta dos abrigos existentes, sua relação com a paisagem através do reconhecimento de caminhos pedestres, povoações e suas comunidades, assim como da geografia própria do local, topografia, clima e outros aspectos.

 

OFICINAS

Oficina no Bosque Quercus
2017-2018 | Bosque Quercus | Campus Jardim das Pedras – Aldeia Artística do Feital
Alunos do curso Profissional de Jardinagem de Trancoso desenvolvem competências no Bosque Quercus no Campus Jardim das Pedras.

Oficinas especiais | Escrever=Desenhar
Atelier Temos Tempo | Feital
Projecto de educação inclusiva para alunos com necessidades educativas especiais orientado pela escultora Maria Lino | Agrupamento de Escolas de Pinhel.